Archive for março de 2011

Ativando módulos e criando virtual hosts do Apache no Ubuntu

Boa tarde!

Sempre criei hosts virtuais no Linux e no Windows inserindo diretamente no arquivo de configuração do apache. Funciona, mas a pouco tempo encontrei em um blog americano (que infelizmente me esquecí de guardar a URL para citar a fonte) uma forma mais bacana de criar hosts virtuais no Apache do Ubuntu. Execute todos os comandos como root para simplificar o processo, ok? Vamos lá!

O Apache para Linux possui dois diretórios de sistema chamado sites-available e sites-enabled, localizados no /etc/apache2. Eles funcionam de forma semelhante ao mods-available e mods-enabled, onde para ativar um módulo do Apache basta usar o comando a2enmod. Para exemplificar, o comando abaixo iria ativar o módulo rewrite.load:

root@ThiagoPC:/etc/apache2/mods-enabled$ a2enmod rewrite
root@ThiagoPC:/etc/apache2/mods-enabled$ /etc/init.d/apache2 reload

Para um virtual host o procedimento é parecido. Vamos criar uma estrutura PHP básica para testar o nosso virtual host:

root@ThiagoPC:/var/www$ mkdir teste
root@ThiagoPC:/var/www$ cd teste
root@ThiagoPC:/var/www/teste$ echo “<?php phpinfo(); ?>” > index.php

Este bloco de comandos cria um projeto chamado teste, com um arquivo index.php. Para testar este passo, digite http://localhost/teste no seu navegador. A tela do phpinfo deverá ser exibida.

Agora acesse o diretório /etc/apache2/sites-available para criarmos o virtual host:

root@ThiagoPC:/etc/apache2/sites-available$ gedit teste

Quando o arquivo teste for aberto no gedit, cole o código a seguir e salve o arquivo.

<VirtualHost *:80>
DocumentRoot “/var/www/teste/”
ServerName teste
ServerAlias teste
ErrorLog “/var/log/apache2/teste-error.log”
CustomLog “/var/log/apache2/teste-custom.log” common

<Directory “/var/www/teste/”>
Options Includes FollowSymLinks
AllowOverride All
Order allow,deny
Allow from all
</Directory>

</VirtualHost>

Quando finalizar este passo, digite o seguinte comando para habilitar o “site” que você acabou de criar no seu Apache:

root@ThiagoPC:/etc/apache2/sites-enabled$ a2ensite teste
root@ThiagoPC:/etc/apache2/sites-enabled$ /etc/init.d/apache2 reload

Ao digitar este comando, o seu virtual host já foi criado e habilitado. Falta apenas adicionar um direcionamento para o seu host no arquivo /etc/hosts. Adicione a seguinte linha:

127.0.1.1 teste

Pronto! Ja está funcionando… Digite http://teste no seu navegador e você irá visualizar a mesma página com o phpinfo.

Para desabilitar módulos ou sites, os comandos são a2dismod e a2dissite, respectivamente.

Um abraço!

, , , ,

17 Comentários

Quantos programadores são necessários pra trocar uma lâmpada?

Resposta curta: Nenhum, trocar lampadas é um problema de hardware.

Respostas longas…

Programadores da Microsoft:
Nenhum. Se a lâmpada estiver queimada, a microsoft vai declarar isso um novo padrão.

Programadores do Google:
Nenhum, porque acreditam que lâmpada é coisa do passado. E desenvolvem o GSunLight.

Programadores C:
6. 1 para trocá-la e 5 para seis mais tarde entenderem como ele fez isso.

Programadores Java:
1 para fazer o levantamento de requisitos, 1 para fazer os diagramas, 1 para instalar o TomCat, 1 para definir as classes, 1 para analisar as classes criadas, 1 para declarar os objetos, 1 para documentar o sistema, 1 para inserir a lâmpada na máquina virtual.

Programadores Clipper:
Só um, mas ninguém o encontra.

Programadores Python:
Já trocou?

Programadores PHP:
Só um, desde que haja alguém para desenhar o layout da lâmpada.

Programadores Delphi:
Estão procurando os módulos de troca de lâmpada nos fórums.

Programadores Whitespace:
” ”

Programadores Ruby:
Só um, e garante que só ele sabe fazer isso da melhor forma.

Nenhum comentário.