Motorola Moto X: O Smartphone mais “smart” que já conheci


Olá pessoal!

Este ano tive a oportunidade de usar o Moto X por um tempo (aproximadamente dois meses). É um aparelho que não tem um hardware de ponta, mas que não deixa a desejar em nada. Como dá pra ver pelos posts anteriores, não sou de ficar falando sobre comparações muito técnicas de especificações de hardware, então vamos para os diferenciais que me maravilharam na prática.

Motorola Moto X

Hardware

Digamos que o aparelho tem o tamanho perfeito para caber na sua mão. Tem a tela levemente curva, um fundo meio emborrachado que dá uma sensação de segurança ao segurar. As bordas são bem aproveitadas (não tão bem aproveitadas quanto no Nexus 5, que vou falar em breve). Como saí do Lumia 920, que é “peso pesado”, foi um grande alívio pegar um aparelho relativamente fino e MUITO mais leve.

Bateria

Sensacional! Durabilidade suficiente pra um dia usando bastante (quando digo bastante, uso bastante MESMO). Fiquei bem surpreso, pois as funcionalidades do assistente e tela inteligente  (que vou falar abaixo) dão uma sensação que vão gastar muita bateria, mas parece que a Motorola pensou muito bem nisso pra não dar um tiro no pé.

Motorola Assist

Pode parecer bobo, mas no dia a dia é um grande diferencial. O Motorola Assist tem 3 funções:

Dormindo: Não sei vocês, mas eu ponho o meu celular somente para vibrar quando estou dormindo. Mesmo assim, algumas ligações fora de hora e notificações ainda me acordam se estiver naquele sono leve. Com o assistente, você pode definir um período (de 23:00 às 08:00, por exemplo) que o celular silenciará automaticamente.  Aí você me pergunta: Ah, mas isso aí eu consigo com o AutomateIt e vários outros apps.  Sim, mas tem um detalhe:  o Moto X toca se algum dos seus contatos favoritos te ligarem ou alguém ligar mais de uma vez no período de 5 minutos (configurável). Inteligente, não?

– Em reunião: Esse eu não usei muito, mas o assistente identifica pelo seu calendário quando você está em reunião  silencia o celular. Também envia mensagens avisando quem te ligar.

– Dirigindo: Bem legal também. Pelo GPS, o assistente identifica que você está dirigindo e, caso o celular receba uma chamada ou um SMS, ele simplesmente te avisa quem está te ligando e com comandos de voz você pode atender ou recusar a chamada. Caso seja um SMS, ele lê a o remetente e a mensagem pra você, dando também a possibilidade de responder a mensagem.

Ok, Google Now

Comandos de voz realmente eficientes! Não precisa apertar nada, basta dizer “Ok, Google Now”, pois o Moto X está “prestando atenção” em você.  Daí a qualidade dos comandos de vocês impressiona. Você pode abrir aplicativos, efetuar ligação, etc. Inclusive, caso você “perca seu celular” (em um ambiente pequeno, claro), basta dizer “Ok, Google Now. Cadê meu celular?” e ele ativa um toque bem chamativo para te ajudar a encontrá-lo. Mais uma vez uma coisa aparente boba, mas muito útil.

Tela Inteligente

Uma coisa linda! Existem apps que fazem isso, mas não tão bem quanto o Moto X faz.

Tela inteligente do Moto X

As telas AMOLED tem capacidade de acender somente alguns pixels da tela, e o Moto X utiliza isso muito bem em sua tela inteligente. Ao receber notificações, aparece um ícone do app no centro da tela e, tocando o ícone, você lê a mensagem (seja SMS ou WhatsApp) ou o resumo do e-mail ou seja lá o que for que a notificação queira te mostrar.  Isso no dia a dia é MUITO útil, principalmente pra quem bloqueia o celular.

Enfim, essa foi a minha experiência com o Moto X.  Se você estiver lendo esse post com a intenção de comprá-lo e ainda estiver em dúvida, só posso te dizer uma coisa: vai na fé, você não vai se arrepender.

Quero deixar bem claro que nenhum post desse blog é patrocinado, ok? Não estou aqui falando bem do aparelho pra ganhar uma graninha por fora… Tudo que eu escrevo aqui são minhas experiências pessoais.

Abraço e até a próxima!

, ,

  1. Nenhum comentário ainda.
(não será publicado)