Posts Tagged iOS

Depois de um ano, de volta ao Android. Mas… Por quê?

A pouco mais de um ano, escrevi aqui sobre o motivo de ter comprado um iPhone. Semana passada, depois de pensar bastante, resolvi voltar pro Android e, como de costume, faço questão de falar pra vocês o motivo.

Quando comprei o iPhone, vários amigos falaram que era só “modinha”, que era um celular só pra mostrar “status”. Pode até ser, mas não pra mim. Os motivos que me levaram a comprar um iPhone foram os seguintes:

  • Estabilidade do sistema operacional;
  • Forma de atualização. A apple libera a atualização e já posso baixar de cara no meu celular;
  • Qualidade indiscutível do hardware, assim como qualquer outro produto da Apple;
  • Como disse na época, gosto é gosto. eu queria ter um e ponto.

Um ano se passou. Quando comprei o iPhone ano passado, ele veio com o iOs 4. Algum pouco tempo depois lançaram o 5, com o iPhone 4S (que não achei justificável comprar, por ser a mesma coisa que o 4 com um hardware melhor). A pouco tempo atrás lançaram o 6, junto com o iPhone 5. Como vocês já devem ter visto por aí, o design do iPhone 5 foi bem ridicularizado. Mas enfim, a questão é que, sinceramente, não vejo justificativa no sistema operacional ter evoluído duas versões mas, na prática, continua a mesma coisa. Entraram barra de notificações, iCloud, integração com isso, aquilo… Mas a impressão que tinha às vezes é que o iOs não evoluía o suficiente para justificar novas versões.

Uma das coisas que eu mais odiava no Android era depender das fabricantes para ter a versão do sistema atualizado. O que na verdade, nunca aconteceu nos dois aparelhos que eu tive. Mas o Google parece que está correndo contra o tempo. O último celular com Android que tive antes do iPhone foi um Samsung Galaxy Ace, com Android 2.1.  Usando o Android hoje, a evolução é perfeitamente perceptível, tanto no layout quanto nas funcionalidades e desempenho.

Por isso que esse fim de semana comprei um Nexus.

O Nexus não é o melhor hardware do mercado hoje, longe disso. Paguei quase o valor que o Galaxy SIII está custando, mas preferi um hardware  mais limitado (limitado, mas não fraco) e não ter problema nenhum com atualizações. A Google lança a nova versão do sistema e já está disponível pro aparelho, fácil fácil. As primeiras impressões desta volta ao Android não poderiam ser melhores.

Bom, se a Apple não se mexer e sair dessa “zona de conforto”, vai ficar pra trás logo logo. Afinal, o iPhone é um baita celular e o iOs é um baita sistema, mas nada é tão bom que não possa melhorar ainda mais.

Abraços!

, , , , ,

4 Comentários

Como acabar com as quedas/indisponibilidades da conexão 3G do seu iPhone

Bom dia pessoal!

Depois que atualizei o meu iOS para a versão 5, comecei a perceber que por várias vezes minha conexão 3G ficava indisponível e só voltava quando eu a desativasse e depois ativasse novamente nas configurações gerais.Pesquisando um pouco encontrei rapidinho esta dica na MacMagazine, que resolve este problema de forma bem simples.

Nas configurações do seu aparelho, vá na opção Operadora, desabilite o modo automático e selecione a sua operadora manualmente. Provavelmente isso resolverá o problema!

Um abraço e até a próxima!

, , ,

Nenhum comentário.

10 dicas para economizar a bateria do iPhone, do iPad e do iPod touch no iOS 5 (por Blog do iPhone)

Bom dia pessoal!

O Blog do iPhone publicou um post com várias dicas interessantes para economizar a bateria do seu iPhone, iPad ou iPod Touch com iOS 5. Algumas pessoas estão falando que perceberam que a bateria está durando menos… Pra mim não mudou nada, mas, de qualquer forma, vale a pena conferir.

http://blogdoiphone.com/2011/10/bateria-ios5/

Abraços!

, , , ,

Nenhum comentário.

Batalha dos recursos: iOS 4.2 e Android 2.3 (Gingerbread)

Por Cauã Taborda (Droids – Info Online)

O mundo dos smartphones está cada vez mais dividido em dois polos. De um lado estão os usuários de iPhone, do outro os do Android. Mas, com o passar das versões e do tempo, qual deles evolui mais? Que recursos foram adicionados e qual tem mais a oferecer?

Com esses questionamentos resolvemos levantar todos os recursos disponíveis no recém anunciado Android 2.3 (Gingerbread) e no iOS 4.2, última versão do sistema de dispositivos móveis da Apple.

Claro que não se pode deixar de lado a atenção em torno do smartphone da Apple. O hardware do iPhone 4 é muito bom e, mesmo com os problemas da antena, seu design elegante, sensibilidade e qualidade da tela são incontestáveis. Mas, para a felicidade dos fãs de Android, os aparelhos que utilizam a plataforma do Google não perdem. Há modelos com configurações e design bastante apurado, que nada perdem para o dispositivo da Apple.

Como é comum na briga pela liderança, os dois sistemas possuem bastante similaridade, já que devem manter o desenvolvimento tecnológico, acompanhar as tendências do mercado e sobretudo as necessidades dos usuários.

Mas há diferenças que podem fazer com que um usuário escolha um ou outro, ou ainda se arrependa da compra quando sentir falta de algum recurso. Para os que estão em dúvida ou pensam em passar de um lado para outro, colocamos os recursos de cada um deles frente a frente.

Uma grande desvantagem do Android é sua pluralidade de versões. Como a atualização para versões mais atuais depende dos fabricantes, muitos decidem prender os usuários e forçar a compra de um novo aparelho. Na Apple, que conta com um menor número de hardwares, as atualizações são mais justas e para todos.

Esse problema com o Android fica ainda mais grave quando se busca um aplicativo. Muitos desenvolvedores resolvem adotar a plataforma mais nova, deixando as versões anteriores no escuro. O próprio Google deixa de atualizar suas versões de aplicativos, como Gmail.

Do lado da Apple a falta de zelo com o consumidor é outra. A iTunes Store não estar disponível para os usuários brasileiros é uma falha grave. Comprar músicas e atualizar seus álbuns? Nem pensar. Há como fazer gambiarras, registrar uma conta com endereço dos Estados Unidos, mas tudo complicado e impensável para a maioria dos usuários.

Outro ponto negativo é a briga com a Adobe, que deixa os usuários de iPhone e iPad desprovidos de Flash. Coisa que não acontece no Android. Amarrar o usuário a outros produtos da empresa, ou autorizados, também é outro ponto negativo do sistema da maçã. As facilidades de rede seriam muito mais aproveitadas com o protocolo DLNA, não só com AirPlay e AirPrint.

Outro ponto que o Google sai na frente é o acesso à raiz do aparelho, como se ele fosse um pendrive. Basta espetar seu smartphone no computador e pronto. Dá para arrastar, apagar e renomear diretórios e arquivos. No iPhone só dá para retirar as fotos tiradas pela câmera do aparelho, todo o restante deve ser gerenciado via iTunes. Não dá para baixar um arquivo pelo seu telefone e depois transferir para o PC.

Você que chegou agora nesse mundo e os que já estão nele há várias versões, mesmo com seus defeitos Android e iOS estão muito a frente dos outros concorrentes (Symbian e BlackBerry). A briga entre os dois é cada vez mais acirrada. Quem ganha com a disputa são os usuários, que contam com mais opções e recursos interessantes para escolher. E você, caro leitor, qual escolhe? Compartilhe sua preferência.

Fonte: Droids – Info Online

, ,

Nenhum comentário.